sexta-feira, 22 de junho de 2007

Luís Castro

Hoje... ou melhor, ontem, dia 21, tive a feliz oportunidade de assistir ao lançamento do livro Repórter de Guerra, do jornalista da RTP, Luís Castro. Um Fórum FNAC Colombo repleto de amigos, muitos amigos, alguns que partilharam momentos delicados e, por isso mesmo, inesquecíveis, ainda mais agora que estão grafados em trezentas e muitas páginas.

A apresentação esteve acargo do José Rodrigues dos Santos, que prefacia, e da Margarida Rebelo Pinto, que se acusou como a culpada por ter convencido o Luís a escrever.

Em boa hora o fez.

Do pouco que li e, sobretudo, da extraordinária pessoa que é o Luís e do vastíssimo trabalho que produziu, estou certo que Repórter de Guerra será um livro obrigatório para todo o aspirante ao mais nobre dos estatutos da profissão.

Para os interessados, informe-se que está agendada uma apresentação na FNAC do Norte Shopping para o dia 1 de Julho.

Parabéns, Luís!

4 comentários:

Anónimo disse...

Além de ter tido a oportunidade de estar no lançamento do livro do Sr. Luis Castro "CORRESPONDENTE DE GUERRA", tenho privilegio de ser amigo dessa pessoa, da qual eu ja tinha uma opinião muito favoravel sobre o seu trabalho, mas que agora sou um acerrimo fã. O que posso dizer sobre o livro é que conseguiu com que uma pessoa que normalmente só lê jornais despotivos, e cada vez mais só os titulos e os referentes ao N/ FCPorto, lê-se quase de uma acentada o referido livro, e que com ele conseguisse compreender melhor algumas das coisas que por esse mundo são noticia.
Obrigado Luis, e como amigo só peço que tenhas algum cuidado, mas não deixes de estar onde esta a noticia, pois contigo consigo aprender alguma coisa. Abraço Briguel

Rosa Maria disse...

Olá, nem sei quem vai ler este comentário. tão pouco se o Senhor Luís Castro o vai ler, contudo, quero dizer que estou a ler o seu livro. Já chorei, com os relatos de angola, e tenho cada vez mais raiva aos americanos. O que fazem no Iraque e no mundo. O livro é do Luis Castro e de todos os jornalistas, permita-me que faça este comentário, que são HONESTOS e HUMILDES. Permita-me que envie um abraço á sua esposa, o que ela deve chorar, GRANDE MULHER por ter um GRANDE HOMEM. Desejo-lhe a maior felicidade do mundo e vou tentar entrar em contacto consigo através da rtp. Um Grande Abraço e Obrigado por nos dar a conhecer o outro lado da história.MUITO OBRIGADO. Rosa Afonso - Viana do Castelo

Dinis Andrade - Millenniumbcp disse...

Um grande abraço ao meu amigo Luis Castro que "não vejo" há muito tempo. Parabéns pelo livro (que vou ler) e muitas felicidades. Dinis Andrade (ex-FAP).

Luis disse...

Dinis, Rosa, Alexandre e tantos outros,obrigado pelas considerações e fico orgulhoso por terem gostado. O meu mail é: lcastro@rtp.pt